Eu estudo em uma Ilha

postado em , por Michelly de Jesus Teixeira, Nenhum Comentário

Acho isso um fato curioso e bastante inusitado da minha trajetória estudantil. Quando passei para a UFRJ é que fui descobrir que meu curso pertencia ao campus Cidade Universitária, que fica na Ilha do Fundão. Já pensou na probabilidade de uma pessoa escolher uma faculdade e ela estar localizada numa ilha? Eu acho que deve ser baixa, mas evidentemente não é improvável, já que aqui estamos.

A Ilha do Fundão de hoje 

Construída por ordens do presidente Getúlio Vargas, a Ilha do Fundão foi formada a partir de um aterro que englobou um arquipélago de 8 ilhas, nos anos de 1949  a 1952. Situada na Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro, atualmente a ilha tem rotas de saída para as principais vias da cidade: linha vermelha, linha amarela e avenida Brasil. Diariamente muita gente passa por essa ilha, eu gostaria de ter as estatísticas que já vi em algumas palestras para passar aqui, mas não encontrei.
Mapa do Projeto Fundo Verde

Como é estudar na ilha

  • o campus é bastante grande
  • tem muitos engarrafamentos (porque só dá pra sair pelas pontes
  • quando faz frio, sentimos essa mudança muito rápido (porque estamos ali cercados de água)
  • há poucos serviços disponíveis na localidade (ex: supermercados, lojas, farmácias)
  • dá tristeza ver a Baía de Guanabara toda suja e pensar que houve um dia em que eu poderia ter saído da aula e passado ali na praia pra descansar um pouco.
Apesar dessas várias desvantagens, e de ser uma ilha, a Cidade Universitária não é isolada do mundo não. Na verdade, é  grande um pólo de conhecimento que integra muitos alunos de outras regiões do Brasil, como eu, e até estudantes e pesquisadores de outros países.

Engraçado que desde o ensino médio, sempre tive que atravessar pontes para assistir aulas. Filosófico até.

0 comentários:

Postar um comentário